Inteligência Artificial: Entenda como ela pode ser aplicada em pequenas empresas

Nesse artigo, o Dataholic Gilson Castro irá mostrar como as micro e pequenas empresas mais progressistas e com visão de futuro, podem se beneficiar da inteligência artificial e de suas ferramentas derivadas. Vem conferir!


A inteligência artificial (IA) é uma ferramenta fundamental para as pequenas empresas nessa época de conexões. Foi inventada para apoiar os seres humanos em determinadas tarefas repetitivas e manuais. Contudo, atualmente a IA oferece um leque de aplicações fundamentais para a vantagem competitiva das empresas.


Já é possível perceber o interesse crescente em empresas e startups que oferecem soluções em contabilidade, empréstimos, análise de dados financeiros para pequenos negócios.


Como as pequenas e médias empresas podem aproveitar a IA agora?


Como usamos serviços de IA todos os dias, parece algo tão acessível para nós consumidores, que acaba passando despercebido. A inteligência artificial faz parte daquelas tecnologias de uso geral, que são pervasivas em vários setores econômicos e atividades no geral, ou seja, uma vez infiltrada na sociedade, seria inviável impedir seu avanço.


Essa tecnologia, em muitas situações já está ao alcance de pequenas empresas. O impacto será visível no aumento da eficiência nos processos empresariais, por meio da utilização otimizada dos dados da organização.


As MPE (micro e pequenas empresas) inovadoras estão reduzindo significativamente os custos através da adoção de ferramentas como chatboots, plataformas digitais desenvolvidas com o uso da IA, e dessa forma, oferecendo excelentes experiências aos clientes. Quebrando o mito de que a inteligência artificial seria apenas para empresas com grande orçamento.


O principal processo das pequenas empresas impactado é o relacionamento com clientes e fornecedores. Para muitos proprietários de pequenas empresas, a implementação da inteligência artificial pode parecer um desafio, mas as vantagens aparecem em diversas situações, listamos 2 impactos significativos nos pequenos negócios nos próximos anos.


A IA ajudará a tornar as pequenas empresas mais produtivas


A produtividade pode ser uma das medidas mais adequadas para medir a performance organizacional das empresas. Dessa forma, quando a IA é incorporada nos processos operacionais e fluxos de trabalho apoia a empresa e seus colaboradores no direcionamento da execução de tarefas mais críticas. Isso torna a empresa mais produtiva e competitiva.


De acordo com a Accenture, empresa global de consultoria de gestão e serviços profissionais, a IA aumentará a produtividade em até 40% e permitirá que a força de trabalho faça uso mais eficiente de seu tempo. Nesse contexto, a IA é uma tecnologia que poderá viabilizar maior eficiência para as pequenas e médias empresas.


Para empresas pequenas, o principal impacto econômico da IA será a possibilidade de tornar a redução de custos e aumento da produção de bens e serviços, algo real e palpável. Para a Accenture, informação e comunicação, manufatura e serviços financeiros são as três áreas das empresas que mais se beneficiarão com a aplicação da IA.


Os serviços financeiros já estão quase que totalmente automatizados pelos aplicativos bancários, nos quais geralmente atua uma inteligência artificial. Até mesmo o trabalho do marketing digital das pequenas empresas é realizado por IA, por meio das ferramentas sugeridas pelos especialistas.


Mesmo assim, no caso da manufatura, ainda existe uma enorme lacuna tecnológica nas empresas brasileiras frente algumas pequenas empresas americanas e chinesas.


A inteligência artificial auxiliará na tomada de decisão e a obter insights com dados.


Todas as empresas, grandes ou pequenas, precisam tomar decisões referentes a seus negócios todos os dias. Os dados são a peça-chave nesse processo. Então, quando as pequenas empresas têm acesso a ferramentas e análises estatísticas elas podem aprender mais sobre seus clientes e descobrir novas oportunidades de mercado.


A IA pode impactar com análise de padrões comportamentais, os algoritmos de aprendizado da máquina percebem as preferências e os hábitos dos clientes, dessa forma podemos estar mais bem posicionados para atender às necessidades específicas da clientela.


“Os dados costumavam ser números estruturados, mas na era digital somos confrontados com muitos tipos diferentes – texto, imagens, vídeo, voz e neurodados – e eles são um desafio para capturar e analisar”

-Martin Wetzels


É fato que cada vez mais empresas, sejam elas pequenas ou grandes corporações, vão passar a ter uma orientação baseada em dados. Em breve, todas utilizarão dados para dar suporte à tomada ou eliminação de decisões por meio da automação dos processos.


A internet é a tecnologia de fundo para a revolução da IA. Ela está presente na maioria das regiões e as pequenas empresas nestas mesmas regiões podem usufruir da IA. Seja via os canais de comunicação do mobile, seja nas redes sociais. Também existem as plataformas e ecossistemas de fornecedores e clientes em lojas virtuais, e outros modelos de negócios no espaço virtual que podem potencializar a vantagem competitiva das empresas.


Por fim, todos os que trabalham para e com as pequenas empresas precisão saber lidar com as aplicações da IA. O mundo está cada vez mais digitalizado e conectado, portanto, estratégias de conexões e de utilização das tecnologias digitais para o negócio é fundamental para o sucesso.


Gostou desse conteúdo? Então curte, comenta e compartilha com aquele parceiro que precisa começar a pensar na inovação! 💙