window.lintrk('track', { conversion_id: 13086145 });
top of page

Data analytics no setor de petróleo e gás: conheça o case da Petronas

Entenda como a multinacional centralizou os dados de todos os distribuidores ao redor do mundo no mesmo relatório e conseguiu compartilhar essas informações na empresa de forma dinâmica e segura.


Data analytics no setor de petróleo e gás

A PETRONAS Lubricants International (PLI) é o braço global de fabricação de lubrificantes da PETRONAS, que fabrica e comercializa uma ampla gama de lubrificantes automotivos e industriais em mais de 100 países em todo o mundo.


A empresa procurou a Dataside, para que através da solução de data analytics, conseguissem o sucesso na estratégia pautada, que no caso se tratava da digitalização do enorme volume de dados da Petronas, para poder realizar análises secundárias de vendas e melhorar o desempenho comercial com seus parceiros/distribuidores em uma única plataforma global.


O principal desafio

Como gerenciar dados de 17 países em um mesmo relatório considerando a experiência do usuário, processamento das informações e segurança, de forma que ele não trave no meio de uma análise importante?


A Petronas é uma multinacional e, além desses cuidados, era preciso trabalhar com um projeto que já atendesse as necessidades do futuro, já que a empresa está em ascensão e logo mais países entrarão no relatório, com isso, maior volume de dados a serem gerenciados.


Diante desse contexto, o time de especialistas da Dataside encontraram duas principais dores, de acordo com cada cenário.



O projeto precisava ser entregue com usabilidade:


  • Por se tratar de 17 países, foi fundamental incluir os respectivos idiomas, para que cada nacionalidade pudesse ter acesso ao relatório igualmente.


  • Além dos idiomas, foi preciso incluir também as moedas de acordo com cada nacionalidade, dado nomeado no relatório como moeda local. E para um parâmetro geral, a opção principal de moeda, o dólar



O projeto precisava ser entregue com a garantia de segurança dos dados:


  • A equipe técnica precisava de um relatório para suportar o volume de dados global da PETRONAS, sem comprometer na eficiência do dashboard.


  • Os dados precisavam ser liberados de forma dinâmica de acordo com grupos acesso em níveis diferentes, como: países, continentes e grupos de distribuidores, por exemplo.


Qual foi a solução final?


A proposta apresentada pela Dataside foi arquitetar os relatórios com o Power BI e integrar os dados provenientes do Data Lake da PETRONAS Lubricants International e o Sharepoint.


A partir disso, foi apresentada uma solução para cada necessidade:



Criação de um aplicativo no Power BI acessível para todos os funcionários autorizados pela PETRONAS Lubricants International e integrar os dados vindos do Datalake e Sharepoint.



No Power BI, a criação de um filtro para alterar o idioma de todo relatório, utilizando um modelo de tradução dinâmico integrado ao SharePoint, onde o cliente consegue inserir mais idiomas se precisar. Criação também de um filtro que funcione como um seletor para selecionar a moeda desejada.



Simplificação da interação dos dados, através da quebra de um relatório grande em outros menores por assunto. Além da redução do volume de dados e torná-los escaláveis, mantendo somente os dados necessários.



Criação de RLS dinâmico no Power BI para 5 níveis diferentes de permissão integrado ao Sharepoint para que o administrador consiga editar as permissões e incluir ou remover novos usuários.


De todos os resultados alcançados, o reconhecimento, a satisfação, tranquilidade e segurança do nosso cliente são os mais esperados. Entregamos esse projeto, com a certeza de que os atingimos. Mais do que prestar nossos serviços, a Dataside está aqui para ser parceira e impulsionar o crescimento dos nossos clientes.


Commentaires


bottom of page