window.lintrk('track', { conversion_id: 13086145 });
top of page

Black friday 2023: como vender mais?

Entenda a relação entre Banco de Dados e o sucesso de suas campanhas na Black Friday.

black friday

A Black Friday, que esse ano acontece no dia 24 de novembro, é um dos períodos de vendas mais importantes do ano. Segundo o Panorama do Consumo na Black Friday 2023, 62% dos respondentes da classe AB pretendem comprar na Black Friday, é o maior índice entre as classes. Em média 50% das pessoas já se preparam para a Black Friday, e realizam ações como inscrições em listas vip e download de aplicativos.


O público quer estar pronto para aproveitar as ofertas, mas e seu banco de dados, ele está pronto para a Black Friday?

Times alinhados para vender mais


É claro que por mais que o dia oficial da Black Friday seja 24 de novembro, muitas promoções começam a ser trabalhadas antes. E quando se pensa em campanhas promocionais, os times das empresas que mais passam pela cabeça são marketing e vendas. Faz sentido, e muito, mas existem alguns times que passam despercebidos por alguns gestores e esse é o grande erro, afinal, todos têm sua devida relevância para o sucesso das vendas.

Você já parou para pensar como o time que cuida do seu banco de dados impacta nas suas vendas?

É de extrema importância que os times estejam alinhados de acordo com o objetivo de vendas do negócio, e nisso, entram em campo consultores DBAs, responsáveis pelo banco de dados, e o time de desenvolvedores, responsáveis pelas interfaces como sites, aplicativos e etc.

"No final das contas, o usuário final utiliza um sistema , seja um aplicativo no celular ou um site para acessar. Esse site vai acessar o banco de dados, mas não de forma direta, o sistema que o cliente vê é a aplicação, então vem o desenvolvedor, como a Sidelab, por exemplo, que vai criar a interface para oferecer uma boa experiência ao usuário. Isso que eles criam é que acessa o banco de dados, onde as informações ficam armazenadas, pois não fica nada salvo na aplicação em geral" explica o especialista em performance de banco de dados da Dataside, Marcio Junior.

"Por isso é necessário pensar no todo, se o banco de dados ficar indisponível, a aplicação também vai ficar. Se a aplicação ficar indisponível, o banco de dados não vai servir para nada, porque o usuário final, que vai fazer uma compra, por exemplo, acessa o sistema e para acessar o sistema tem que estar ‘rodando’ a aplicação e o banco de dados", complementa o dataholic.

Experiência do Usuário


Na era digital o consumidor tem voz, se ele tiver uma experiência ruim com sua marca, isso pode viralizar nas redes sociais e, para fazer a gestão de crise, vai tempo e custo. O melhor é se prevenir para que isso não aconteça e para que você ofereça a melhor experiência possível aos usuários do seu sistema.

Você já imaginou o site ou o aplicativo da sua empresa “fora do ar” em plena Black Friday?

Como prevenir desastres nas vendas?

Durante o planejamento e alinhamento entre os times é importante definir a estimativa de vendas e a previsão do aumento delas nesse período, pois a performance do banco de dados vai depender do aumento de sua utilização.

Como está o ambiente hoje?

Antes da chegada da Black, é preciso analisar se está tudo certo com seu ambiente de dados hoje, pois se algo não estiver indo bem agora, imagina quando triplicar o processamento de informações.

Por exemplo:

Se a estimativa é de 50% de aumento das vendas, como está o ambiente hoje? Com isso, os consultores de Banco de Dados fazem uma análise e cruzamento de determinadas métricas para saber como o ambiente vai estar durante o período da Black Friday, em que as vendas podem duplicar ou triplicar.

Outro tópico importante é realizar testes de simulação de desastres, para evitar imprevistos indesejáveis. Muitos gestores negligenciam essa parte, e acabam tendo que arcar com custos altíssimos para reverter situações negativas e lidar com a frustração da falta de lucro.

Acompanhamento diário do Banco de Dados

Para que durante a Black Friday as experiências sejam positivas é importante ter o acompanhamento diário do Banco de Dados, mas não apenas nesse período, é fundamental que esse acompanhamento seja feito TODOS O DIAS, para que:

  • Os times consigam se planejar;

  • O serviço ou sistema não pare de funcionar;

  • Seus usuários continuem comprando sem dificuldade.


Com o time certo cuidando do banco de dados, é possível ter um ambiente de alta disponibilidade, sem riscos e com a lucratividade esperada.

Conclusão dos passos para se dar bem na Black Friday!


  • Alinhar com equipes de negócio qual a expectativa de aumento de usuários e em que partes sistêmicas;


  • É de extrema importância ter alguém acompanhando diariamente o Banco de Dados, isso fará com que o hoje seja conhecido e, de acordo com a expectativa de negócio, prever quanto escalar para suportar a operação que está por vir;


  • Rever as partes sistêmicas, como exemplo, quais os códigos que rodam nas principais funcionalidades que serão utilizadas, para garantir que estejam performando da melhor maneira. Isso envolve índices, reescritas de código, entre outros.


  • Ninguém quer ficar com o sistema parado, para isso é importante ter configurado um ambiente com redundância/ alta disponibilidade e claro, fazer testes de desastre. Mais do que ter, é ter a garantia que irá funcionar quando precisar.

Se prepare para a Black Friday com a Dataside. Entre em contato agora mesmo com a gente para aumentar suas vendas e saber mais sobre o time de consultoria de Banco de Dados, com monitoramento proativo 24x7x365.

Gostou desse conteúdo? Curta, comente e compartilhe. 💙

Comments


bottom of page